Portal Dignus

Mais um site WordPress

Como tornar a casa dos séniores mais segura?

2 min read
Para que a casa seja, de facto, um lugar seguro deve percorrer todas as divisões da casa procurando potenciais problemas ou entraves graves à circulação livre e segura do idoso.
casa dos séniores mais segura

Para tornar a casa de um sénior mais segura há que tomar algumas medidas capazes de contornar as suas dificuldades quotidianas, mas, também, criar um ambiente que se encontre à prova de esquecimentos, fragilidades e quedas que podem ser fatais.

Para que a casa seja, de facto, um lugar seguro deve percorrer todas as divisões da casa procurando potenciais problemas ou entraves graves à circulação livre e segura do idoso. Se o fizer corretamente poderá antecipar problemas futuros, prevenindo quedas e acidentes, evitando que o idoso tropece, que alguns objetos possam cair e minimizando os ângulos mortos e esquinas perigosas. Se tal for necessário mude os móveis de lugar evitando, assim, obstruções e deixando os corredores da casa totalmente livres para que o idoso possa caminhar, em casa, sem medos e facilmente. Retire todos os tapetes das divisões, já que estes podem enrolar-se e transformarem-se em verdadeiras rasteiras para as pessoas idosas
Por outro lado, a luminosidade é um fator importantíssimo já que se a casa estiver bem iluminada o idoso encontrará os objetos de que necessita mais facilmente e verá melhor os móveis e tudo o que o rodeia em casa. Privilegie a luz natural, os candeeiros de pé. Por outro lado, os períodos da noite são os mais complicados podendo utilizar, para evitar quedas e para aos idosos se sentirem mais seguros instalar luzes de presença ou sensores de movimento nos corredores principais.

As barras de apoio são, também, uma excelente solução quando instaladas na casa-de-banho já que o idoso se sente mais seguro e as barras facilitam em muito a movimentação daqueles que têm problemas motores sérios. Mas o melhor aliado das barras de apoio é o poliban, com banco integrado, facilitando a autonomia do idoso, permitindo-lhe alguma liberdade de movimentos, fazendo a sua própria higiene em total privacidade e segurança. A última sugestão passa pela instalação de um sistema de alarme ou de videovigilância garantindo mais uma vez a segurança e dissuadindo potenciais assaltos às residências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.